Referência Completa


Título: Projeto e pavimentação de uma pista classe F aeroporto de Alegrete.
Autor : Haelton Gil
Curso : Engenharia Aeronáutica
Orientadores : Luiz Cantanhede de Carvalho Almeida Filho
  Paulo Mendes de Oliveira
Ano de Publicação : 1956
Assuntos : Planejamento de aeroportos
t Pistas (de pouso e decolagem)
t Drenagem
t Pavimentação
t Engenharia civil
Resumo : O nosso trabalho consta do projeto e pavimentação de uma pista, classificada no grupo de letra F pela OACI. Para isto devemos fazer uma distinção entre comprimento básico e comprimento verdadeiro da pista: comprimento básico é aquele medido a trena no proprio local da pista; comprimento verdadeiro é o comprimento ao nível do mar nas condições padrões de temperatura que para efeito de operações de aviões corresponde ao comprimento básico na altitude da pista. Pode-se esntão concluir que o comprimento verdadeiro é sempre menor que o o comprimento básico a não ser ao nível do mar nas condições padrões de temperatura quando os dois se igualam. Assim sendo a nossa pista cujo comprimento básico é de 1580 metros na altitude de 90 metros, após os ajustamentos devido a altitude e temperatura, corresponde a uma pista de 1270 metros ao nível do mar. Ao projetarmos nossa pista, procuramos aproveitar a topografia do terreno da melhor forma passível com a finalidade de tornar o movimento de terra mais simples e mais econômico dentro das normas ditadas pela OACI. O passageiro não pode embarcar ou desembarcar na própria pista de pouso. Daí a necessidade de uma pista de rolamento fazendo a ligação entre a pista principal e o pátio de estacionamento. Uma pista não poderia ser eficiente sem um bom sistema de drenagem e assim sendo nos esforçamos para usar o bom senso e dotá-la de uma drenagem criteriosa capaz de permitir operações terrestres normais no aeroporto mesmo em condições de mau tempo. Depois de projetada a pista passamos então sua pavimentação, cujas finalidades são de dar maior resistência ao solo e ao mesmo tempo melhorar as condições de rolamento quanto a segurança, comodidade e economia do transporte. Neste projeto, contamos então com a colaboração das qualidades excepcionais do solo de Alegrete.
Texto na íntegra : [Visualizar]